EXPOSIÇÂO

A mostra é formada por duas exposições

que se complementam: uma no salão principal

e outra no mezanino.

O salão principal recebe uma série

de obras produzidas entre 2014 e 2018,

trabalhos que fazem referência a um lugar desocupado

e em processo de apagamento:

uma antiga arrozeira no interior de Goiás.

Já o mezanino abriga um conjunto de instalações

batizado de “Uma pedra Anil e um rio Vermelho”.

Esta série é composta por cinco obras

produzidas de 2001 a 2012 e que discutem

questões relacionas a gênero, objetos e trabalho

praticado por mulheres lavadeiras

de roupas no Rio Vermelho,

na Cidade de Goiás.

 © 2018, Ambrosio Bandeira

    SELMA
    PARREIRA